DÓLAR HOJE:
Euro Hoje
1 de março de 2024
Search
Close this search box.

Hortênsias News

Vereador Gabriel Monteiro usava cofre para guardar HDs com vídeos de orgias, inclusive com participação de menores de idade

Compartilhe este artigo

Ex-assessores do vereador do Rio de Janeiro (RJ) Gabriel Monteiro (PL) afirmaram que o parlamentar mantém em casa um cofre no qual guarda HDs criptografados, cujo conteúdo é acessado apenas por senha, com vídeos de orgias, inclusive com participação de menores de idade. As informações são do jornal O Globo.

Conforme a reportagem, seis ex-assessores prestaram depoimento na Polícia Civil em um inquérito que apura o vazamento de um vídeo íntimo no qual uma adolescente de 15 anos e Monteiro aparecem mantendo relações sexuais. Quatro deles citaram o suposto cofre, que ficaria escondido em um armário.

Um dos ex-funcionários do vereador contou aos policiais que Monteiro chegou a ser orientado por um advogado a destruir equipamentos e mídias portáteis, como cartões de memória, HD externo e pendrives, que ficavam armazenados na casa dele.

Os ex-funcionários informaram ainda que apenas dois advogados, além do próprio Monteiro, possuem a senha para abrir o cofre.

Busca e apreensão

Nesta quinta-feira (7), o vereador foi  alvo de uma operação da Polícia Civil. Conforme as autoridades, os mandado de busca e apreensão fazem para da investigação sobre o vazamento de um vídeo íntimo de Gabriel fazendo sexo com uma adolescente de 15 anos.

O vereador acusa ex-funcionários de vazá-la. Além do parlamentar, outras seis pessoas, entre assessores e ex-funcionários dele são alvos de buscas. Segundo os agentes da 42ª DP (Recreio dos Bandeirantes), não há mandados de prisão.

De acordo com o G1, Gabriel pode responder por distribuir material pornográfico envolvendo menores (Artigo 241-A do Estatuto da Criança e do Adolescente). A pena chega a seis anos de prisão mais multa.

Acusações

O parlamentar é alvo de denúncias de assédio sexual, moral, estupro e manipulação de vídeos. As denúncias foram reveladas em reportagem do programa Fantástico, da TV Globo, no final de março.

Em uma gravação para um vídeo divulgado nas suas redes sociais, o parlamentar aparece em uma espécie de praça de alimentação com uma criança em situação de vulnerabilidade, orientando como ela deve falar, para mostrar que ele a estava ajudando a se alimentar.

Somente em uma rede social, o parlamentar tem mais de seis milhões de seguidores. Gabriel Monteiro, do PSD, foi eleito em 2018 com mais de 60 mil votos.

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro instaurou inquérito para apurar possível violação de direitos da criança que aparece no vídeo divulgado pelo vereador. O MP afirma que a gravação fere os princípios da proteção integral da criança e do adolescente e da finalidade social da internet.

Ainda durante reportagens do Fantástico, Gabriel foi acusado de assédio moral e sexual por ex-funcionários. O parlamentar está sendo investigado também pelo vazamento de vídeo íntimo com uma adolescente de 15 anos. O parlamentar nega todas as acusações.

Fonte: Isto é
Foto: Reprodução CMRJ

Compartilhe este artigo

Deixe seu comentário

Para comentar na página você deve estar logado em seu perfil do Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que firam a ética e a moral poderão ser denunciados, acarretando até mesmo na perda da conta. Leia os termos de uso e participe com responsabilidade.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com