DÓLAR HOJE:
Euro Hoje
13 de junho de 2024
Search
Close this search box.

Hortênsias News

Onda de frio histórica, deve levar temperaturas a despencar na próxima semana em todo o Brasil

Compartilhe este artigo

O que levar na mala para um frio intenso? – Blog AirCloset – Aluguel de Casacos

Embora o Rio Grande do Sul tenha registrado, nas últimas semanas, temperaturas mais baixas, incluindo mínimas abaixo dos 5ºC, o Estado ainda não vivenciou neste ano o frio intenso e contínuo de modo generalizado. Entretanto, isso deve mudar a partir da próxima semana, incluindo a possibilidade de onda histórica de frio para esta época do ano.

É especialmente a partir de terça-feira (17) que as temperaturas devem ter uma queda mais brusca no Rio Grande do Sul.  Segundo a Climatempo, uma frente fria avança no fim de semana, acompanhada de um ciclone extratropical — que vai ficar parado por vários dias no oceano — e de uma intensa massa de ar polar.

É essa massa de ar polar que será a responsável por derrubar as temperaturas de forma significativa, provocando uma sensação de frio intenso em todo o Estado. Os modelos meteorológicos indicam, inclusive, a possibilidade de recordes nos termômetros.

Embora ainda seja cedo para cravar as temperaturas previstas para a próxima semana, praticamente todas as regiões podem ter mínimas abaixo de 10ºC, incluindo temperaturas negativas. As máximas, de forma generalizada, não devem chegar a 20ºC. Como de costume, a região serrana deve sentir de forma mais intensa o frio. Há possibilidade de geada para todo o Estado, mas desta vez com risco de maiores danos à agricultura do que a geada desta sexta-feira (13) .

Essas baixas temperaturas serão combinadas com um tempo estável em praticamente todo o Estado, tendo uma semana caracterizada por sol e frio. Região Metropolitana e regiões SulNorte e Fronteira Oeste não têm previsão de chuva. A única região que deve registrar instabilidades é a Serra, especialmente na terça e na quarta-feira (18), mas são pancadas isoladas, rápidas e com volumes baixos.

Chance de neve

Embora bem remota, há, de acordo com a Climatempo, possibilidade de neve no Rio Grande do Sul. Isso porque os ventos frios da massa de ar polar vão se espalhar sobre o Brasil e o ciclone no oceano ajuda a levar um pouco de umidade para o continente.

A junção da umidade com o ar frio cria condições para neve ou alguma outra precipitação invernal, especialmente nos pontos mais altos da serra gaúcha na terça e na quarta-feira.

Fonte: GZH
Foto: AirCloset

Compartilhe este artigo

Deixe seu comentário

Para comentar na página você deve estar logado em seu perfil do Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que firam a ética e a moral poderão ser denunciados, acarretando até mesmo na perda da conta. Leia os termos de uso e participe com responsabilidade.