DÓLAR HOJE:
Euro Hoje
14 de julho de 2024
Search
Close this search box.

Hortênsias News

Marco Antônio Ritter, comandante da Patram, ocupou a tribuna da Câmara de Gramado na sessão desta segunda (6)

Compartilhe este artigo

imagem galeria

O 1º tenente Marco Antônio Ritter, comandante da Polícia Ambiental de Canela (Patram), ocupou a tribuna da Câmara de Vereadores de Gramado na sessão desta segunda-feira, dia 6, para falar sobre o trabalho do órgão na região.

O Comando Ambiental da Brigada Militar atua na prevenção e fiscalização de denúncias, que normalmente surgem da comunidade. “As principais ocorrências atendidas são os maus-tratos de animais domésticos, praticamente toda semana são atendidas ocorrências desse tipo.

Também são atendidas ocorrências sobre retirada de vegetação nativa e resgate de animais nativos quando feridos”, afirma o tenente Ritter.

imagem galeria

Além do policiamento, o tenente também destacou em sua fala o projeto Patrulheiro Mirim Ambiental, que iniciou em 2004. A iniciativa acontece com os estudantes por meio de palestras, vídeos educativos e atividades didáticas, abordando temáticas relacionadas à flora, à fauna, recursos hídricos, resíduos sólidos e cidadania ambiental.

O projeto promove a educação ambiental para sensibilizar a população a adquirir hábitos e atitudes preventivas para o meio ambiente.

“O Comando Ambiental elaborou uma nova cartilha e material didático para as aulas do Patrulheiro Mirim. As novas turmas devem iniciar as atividades ainda neste mês de junho em Gramado e em Canela, o projeto esteve parado por dois anos devido à pandemia”, adiantou.

Durante sua fala, que integra as ações da Câmara em alusão ao Dia Mundial do Meio Ambiente, o tenente também enfatizou um problema que atinge as polícias de várias regiões do País: a falta de efetivo. No Comando Ambiental, com sede em Canela, são apenas 15 policiais para atenderem 14 municípios da região, sendo que diariamente são desenvolvidas ações de policiamento ostensivo ambiental.

Fonte: Ascom CMG
Foto: Letícia de Lima

Compartilhe este artigo

Deixe seu comentário

Para comentar na página você deve estar logado em seu perfil do Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que firam a ética e a moral poderão ser denunciados, acarretando até mesmo na perda da conta. Leia os termos de uso e participe com responsabilidade.