DÓLAR HOJE:
Euro Hoje
14 de julho de 2024
Search
Close this search box.

Hortênsias News

Governo do RS institui o Sistema Integrado de Monitoramento e Alerta (SIMA)

Compartilhe este artigo

Defesa Civil Sima

Órgãos ou entidades que aderirem ao Sima-RS serão interligados à Sala de Situação

Foi instituído o Sistema Integrado de Monitoramento e Alerta do Estado do Rio Grande do Sul (Sima-RS). Será coordenado pela Casa Militar, por intermédio da Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa Civil.

O sistema é mais uma ferramenta para aperfeiçoar a coordenação de esforços entre órgãos públicos estaduais, federais e municipais, entidades privadas e comunidade em geral.

A finalidade é integrar as políticas e as ações nas áreas de monitoramento e alerta de eventos adversos juntamente com a Secretaria do Meio Ambiente e Estrutura e a Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Metropolitano.

O Sima-RS foi instituído a partir do Decreto 56.434, publicado no Diário Oficial do Estado de 29 de março.

Objetivos do Sima:
• Formentar a Política Nacional de Proteção e Defesa Civil;
• Elaborar diretrizes de cooperação no âmbito do Sima-RS, entre órgãos e as entidades responsáveis pela reposta a emergência na esfera municipal, estadual e federal;
• Promover o intercâmbio educacional entre a União, os Estados e os municípios, com intuito de alinhar a formação dos agentes de proteção e Defesa Civil e dos agentes de proteção ambiental;
• Integrar sistemas tecnológicos e a troca de informações com municípios, Estados e União;
• Aprimorar a capacidade de resposta ao cidadão na ocorrência de desastres naturais ou tecnológicos;
• Fortalecer as ações de prevenção, mitigação, preparação e resposta na recuperação de desastres voltados a Defesa Civil;
• Ampliar a capacidade de monitoramento e alerta antecipado de eventos adversos no Estado.

Os órgãos ou as entidades que aderirem ao Sima-RS serão interligados à Sala de Situação, serviço técnico de monitoramento e previsão das condições hidrometeorológicas do Estado, para fins de compartilhamento das tecnologias já existentes e de agregação de novas tecnologias, instrumentos e ferramentas de monitoramento e de alerta para o acompanhamento, em tempo real, de ações e de incidentes relacionados a eventos climáticos, hidrológicos, geológicos e tecnológicos adversos, de acordo com as diretrizes de cooperação do Sima.

A formação e a capacitação dos agentes de proteção e de Defesa Civil e agentes de proteção Ambiental pertencentes aos municípios que aderirem ao Sima-RS serão padronizadas pela Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa Civil e pela Secretaria do Meio Ambiente e Infraestrutura.

Fonte: Secom RS
Texto: Camila Santos
Ascom Defesa Civil

Compartilhe este artigo

Deixe seu comentário

Para comentar na página você deve estar logado em seu perfil do Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que firam a ética e a moral poderão ser denunciados, acarretando até mesmo na perda da conta. Leia os termos de uso e participe com responsabilidade.